Somos Especialistas em

Desinsetização

Hospitais, Hotéis, Shoppings, Empresas e Indústrias.

Solução Eficaz com Segurança Máxima!

Desinsetização

A Desinsetização na indústria é um diferencial competitivo por adequar e usar políticas de Controle de Pragas eficazes e sustentáveis, seguindo as diretrizes da ANVISA e certificações que definem as boas práticas de fabricação

 

Além de garantir a qualidade e segurança dos processos industrias, o bem-estar dos funcionários, a limpeza é fundamental para evitar pragas e doenças urbanas no ambiente de trabalho. Porém, além da limpeza tradicional diária é importante que as empresas contratem serviços de desinsetização.

Esse serviço tem como finalidade a proteção da saúde e do bem-estar dos colaboradores da empresa, impedindo a partilha dos alimentos, das habitações e dos locais de trabalho e lazer com os insetos, roedores e outras espécies de pragas. Esse controle é um sistema que inclui medidas preventivas e corretivas, de modo a que espécies de pragas sejam mantidas em níveis que não conduzam à ocorrência de problemas significativos.

Para a indústria alimentícia, a desinsetização também é obrigatório pela RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004. Essa limpeza é vigorosamente fiscalizada pela vigilância sanitária e regrada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O surgimento de pragas nesses ambientes é frequente, assim com os riscos de contaminação quando as pragas também são vetores de doenças, como disenteria, difteria, salmonelose, entre outras.

Além de tratar-se de obrigatoriedade, a desinsetização na indústria alimentícia é critério para que a empresa tenha destaque competitivo por adequar e usar políticas de controle de pragas eficazes e sustentáveis, seguindo as diretrizes das boas práticas de fabricação, como BPF , ISO 14001 e ISO 22000, e também recomendações de certificações internacionais tais como HACCP (APPCC em português). Fundamentais num mercado cada vez mais globalizado.

Quero Informações



, Aceito a utilização dos dados cedidos nesse formulário para a realização de contato comercial.

Respeitamos sua privacidade, seus dados na BIOMAX são todos tratados com sigilo absoluto.

Ou ligue-nos:

(19) 3124 3600

 

Qual a diferença entre controle de pragas e desinsetização?

Para entender a diferença entre os dois, é necessário compreender o que quer dizer cada termo.

Controle de Pragas

O Controle Integrado de Pragas (CIP) consiste na análise dos riscos de infestação de cada local e no estudo do comportamento das pragas. Seu objetivo principal é prevenir ao invés de combater. Desse modo, pode-se dizer que a base de tal processo é o controle da acessibilidade das pragas à comida, água e abrigo. Além disso, deve-se incluir a orientação da população, saneamento básico e controles biológico e mecânico de pragas, sempre limitando o uso de pesticidas, a fim de evitar a contaminação dos indivíduos e do ambiente.

Desinsetização

O nome dedetização tem origem no DDT (Dicloro – Difenil – Tricloroetano), um veneno amplamente utilizado no passado. Hoje sua aplicação é proibida devido ao seu alto grau de toxicidade e contaminação do ambiente, assim sendo, o nome dedetização não é mais implantado, sendo desinsetização ou desinfestação com inseticidas, um termo mais correto e atual.

Existem diferentes tipos de desinsetização, cada um destinado a um tipo de infestação: desinsetização propriamente dita, desratização, além do controle de pombos, pequenos artrópodes e aracnídeos.

ANVISA RDC 52 2011

A ANVISA é o órgão responsável pela regulamentação da desinsetização no Brasil através da RDC nº 52/2011, que visa garantir a qualidade e a segurança do serviço prestado e reduzir o impacto ao meio ambiente, à saúde do consumidor e do aplicador do produto tóxico. Para isso, a empresa especializada deve possuir um responsável técnico, devidamente registrado, que apresente comprovação oficial da competência para exercer funções relativas ao controle de pragas e vetores urbanos, emitida por seu respectivo conselho profissional.

Quando contratar o serviço de desinsetização?

O ideal é que as empresas contratem ou já mantenham um acordo fixo com as empresas responsáveis por esse serviço, para que a manutenção seja constante. Dessa forma, o empreendimento estará sempre resguardado em casos de uma infestação, por exemplo. Para cada tipo de ambiente, existe um tipo de recomendação. Veja:

Indústria de Alimentos

Identificação de Pragas: Industria de Alimentos

Identificação de Pragas: Industria de Alimentos

De acordo com Anvisa, os proprietários de cozinhas institucionais, restaurantes, lanchonetes, cantinas, cafés, entre outros precisam ter um plano de ação contínua que previna a atração, acesso ou proliferação de pragas. O controle deve ser feito mensalmente.

BPF = Boas Práticas de Fabricação

O Manual de Boas Práticas de Fabricação (BPF), sobretudo na indústria e na agroindústria de alimentos, precisa ser entendido com uma importante ferramenta para garantir a qualidade higiênico-sanitária de alimentos processados, além de ser indispensável para um ambiente e um processo de trabalho mais eficiente – o que resulta em maior produtividade e lucratividade.

Alimentos e Saúde: Principais razões para a existência da BPF

Atualmente, as empresas devem manter um padrão de qualidade intacto. Isso, além de gerar credibilidade a elas, acaba trazendo inúmeros benefícios aos seus clientes e à sociedade de maneira geral.

Condomínios

escorpiões controle

A cada seis meses os condomínios devem contratar uma empresa especializada para realizar o trabalho completo no ambiente.

No verão e na primavera, períodos mais quentes do ano, a procura pela desinsetização aumenta, pois com o aumento das temperaturas o ambiente é mais propício para a proliferação das pragas. Por isso, nesse momento o processo de eliminação das mesmas deve ser redobrado.

De maneira geral, insetos, ratos e outras pragas migram em busca de local favorável para sua reprodução e com maior acesso à comida.  Vale lembrar que a ação do homem também facilita essa busca, pois ao manter ambientes sujos e úmidos atraem esses animais.

As pragas podem transmitir doenças às pessoas, entre as quais podemos citar a leptospirose, a dengue, febre amarela, intoxicações, entre outras, que podem levar até a morte.

Como contratar uma empresa para realizar a desinsetização?

O principal ponto a ser observado antes de contratar a empresa responsável pela desinsetização na sua empresa é a seriedade da mesma e se ela segue as recomendações legais.

No Estado de São Paulo, é importante que você verifique se a empresa é filiada a Aprag (Associação dos Controladores de Pragas Urbanas). A instituição calcula que haja cerca de 1.200 empresas do ramo no estado de São Paulo atuando dentro da lei, e que existem cerca de 1.800 que não seguem a legislação.

Verifique se a empresa escolhida possui os seguintes documentos:

  • Licença de funcionamento da Vigilância Sanitária (seja estadual ou municipal);
  • Responsável técnico. É preciso que um biólogo, engenheiro agrônomo, engenheiro florestal, médico veterinário, químico ou farmacêutico que faça parte do quadro de funcionários da empresa;
  • A empresa deve estar registrada no conselho profissional do responsável técnico;
  • Ter CNPJ e sede própria: o imóvel não deve ser utilizado para outros fins que não o de sede da empresa.

Outro ponto importante é verificar as políticas de sustentabilidade da empresa. A lei atual exige que as embalagens de pesticidas retornem ao fabricante, evitando assim a contaminação do solo e das águas.

Como funciona a desinsetização?

Como a desinsetização lida com produtos químicos e necessita de uma série de cuidados para que seja feita de maneira segura, sua aplicação exige planejamento total e muita responsabilidade. É importante que os profissionais que realizam o processo dominem as técnicas necessárias para tal prática, bem como possuam um bom conhecimento sobre os processos.

Uma desinsetização segura e bem efetuada passa por três procedimentos distintos e complementares. São eles: a desinsetização com pulverização, a desinsetização com pó químico e a desinsetização com aplicação de gel.

É importante que a empresa prestadora desse serviço faça uma visita ao local para fazer um diagnóstico preciso do ambiente e de qual será a estratégia utilizada. A empresa contratada é responsável por passar todo o tipo de informação sobre a desinsetização e desratização para o contratante, como por quanto tempo a área deve ser isolada para evitar a infecção das pessoas. O prestador de serviços também é responsável por fornecer o EPI (equipamento de proteção individual) adequado para o trabalho – não apenas para seus funcionários, mas também para um funcionário que deseje acompanhar.

A BIOMAX Controle de Pagas presta serviços de controle visando cinco etapas: inspeção, identificação, medidas corretivas e preventivas, desinsetização, avaliação e monitoramento. Esse processo é realizado com base no manejo ecológico de pragas, amenizando os efeitos negativos dos produtos utilizados, já que os processos industriais, a saúde dos colaboradores, consumidores e o meio ambiente devem ser prioritários.

Conheça outros serviços BIOMAX para indústrias, hospitais, hotéis, shoppings e condomínios:

Empresas e indústrias consulte-nos!

Realizamos o Controle de Pragas efetivo.

Sumário
Desinsetização
Nome do Artigo
Desinsetização
Descrição
A desinsetização na indústria é um diferencial competitivo por adequar e usar políticas de Controle de Pragas eficazes e sustentáveis, seguindo as diretrizes da ANVISA e certificações que definem as boas práticas de fabricação
Autor
BIOMAX Controle de Pragas