Controle de Pragas BIOMAX previne e combate animais de forma ecológica e eficaz

Para manter a segurança e o bem-estar da população em centros urbanos, é necessário realizar a prevenção e controle de pragas adequado . Entre as principais espécies, insetos, roedores e alguns mamíferos, como o morcego, além de indesejados, são transmissores de diversas doenças, que podem, até mesmo, levar o infectado à morte.

Para ter ideia da dimensão do que casos de picadas e contaminação representam, só em 2013, o Brasil registrou dez mil acidentes com abelhas e 40 pessoas morreram. Um grande número de picadas de abelhas pode causar problemas em vários órgãos e até no coração. Isso porque o veneno é uma das toxinas mais potentes encontradas na natureza. Em pessoas alérgicas, pode fechar as vias respiratórias. Em casos de grandes ataques, com mais de 500 picadas, por exemplo, a quantidade de veneno pode ser compatível ao ataque de uma serpente.

Outra picada que pode matar é a do escorpião. Eles costumam se instalar em acúmulos de lixo, madeira, entulho, material de construção. Nas casas, podem entrar pelos ralos ou portas.

Para eliminar e prevenir infestações dessas e de outras pragas, é necessário, além dos cuidados diários, contar com o trabalho de profissionais qualificados e experientes no assunto, afinal, com a saúde não dá para brincar.

Indústrias, condomínios (verticais ou horizontais), hospitais e hotéis, a aplicação do Controle de Pragas ou Manejo Ecológicos de Pragas, como também é conhecido, garante um local limpo e seguro, sem a presença desses animais que podem afetar produtos e processos produtivos.

O profissional irá estudar a fundo os detalhes do lugar e os hábitos da  praga (ou pragas) que está causando a infestação. A partir disso, serão traçadas estratégias específicas a cada caso, como a instalação de barreiras, adequação de processos e aplicação consciente de inseticidas (visando à saúde dos seres humanos, animais de estimação e meio ambiente). Segundo Marcel Tansini, Dr. em entomologia e diretor da BIOMAX:

Uma das máximas deste tipo de controle está relacionada aos quatro A´s: Alimento, Abrigo, Acesso e Água. No Controle de Pragas BIOMAX todas as ações são voltadas para evitar que as pragas consigam qualquer um desses elementos.

De qualquer forma, em caso de picadas e mordidas, é importante agir da forma correta para amenizar os danos:

  • As abelhas, geralmente, picam quando se sentem ameaçadas, por isso, quando uma abelha está rodeando, ficar parado é a melhor opção;
  • Se for picado, a primeira atitude a ser tomada é retirar o ferrão, mas não com uma pinça e nada que esprema o ferrão. O ideal é algo que raspe, como régua, cartão de crédito ou, até mesmo, com a unha. Depois, lave o local com água e sabão. Se estiver com dor, compressas com agua e gelo e analgésico são indicados. Se inchar, procure um hospital;
  • Quando picado, não pise no bicho. Você vai precisar leva-lo ao hospital e o médico precisa reconhecer a espécie para dar o antídoto correto;

Em caso de picadas de escorpião, por exemplo, o mais indicado é, sempre, se manter ou fazer com que a vítima fique calma, não espremer nem sugar o local da picada, lavar com água e sabão e procurar um hospital com urgência. Se for possível, leve o escorpião junto para que o profissional de saúde possa identificar a espécie e aplicar o soro adequado.

Sumário
Pragas podem causar mortes e afetar processos produtivos
Nome do Artigo
Pragas podem causar mortes e afetar processos produtivos
Descrição
Controle de Pragas BIOMAX previne e combate animais de forma ecológica e eficaz
Autor

A BIOMAX é especializada no controle de pragas em indústrias de alimentos, medicamentos e embalagens, em redes hoteleiras e hospitalares e nas demais empresas que procuram um programa sustentável com as exigências da Anvisa, da Norma ISO 22000, BPF, HACCP e Ministério da Agricultura. Utiliza o sistema de controle denominado Manejo Ecológico de Pragas (MEP) o qual une eficácia no controle das pragas e segurança para as pessoas e o meio ambiente. Atendemos toda a região Sudeste.