Os milhares de turistas que a cada ano desembarcam na Disney World, o maior parque de diversão e entretenimento do mundo, nem imaginam que por trás do funcionamento do gigantesco complexo de lazer existe um eficiente e muito bem planejado sistema de controle de pragas: o “Mosquito Surveillance Program”, que garante o conforto e a tranquilidade dos visitantes e o fantástico fluxo de dinheiro que circula no parque do Mickey e Cia.

O Programa de Vigilância de Mosquito (traduzido para o português) foi idealizado simultaneamente à criação da Disney, lá na década de 60, levando em consideração que um terço do estado da Flórida é pantanoso e possui clima úmido. Ou seja, é o ambiente perfeito para os insetos.

 Mas mesmo com toda essa natureza favorável aos insetos, o parque de Orlando se mantém totalmente livre de mosquitos, garantindo o bem-estar dos turistas e a satisfação dos acionistas.

O sucesso da proteção do parque está relacionado a uma rigorosa estratégia de controle dos mosquitos que envolve ações como:

captura dos insetos (em armadilhas) e posterior análise para o desenvolvimento de técnicas visando a sua erradicação; controle de espécies, tempo de vida e capacidade reprodutiva dos mosquitos; pulverização com reguladores de crescimento de larvas, duas vezes ao dia, nos momentos de sol nascente e poente, quando se formam os enxames (antes de eclodirem, as larvas são mortas no nascedouro).

Outra intervenção preventiva é a nebulização de pesticidas no entorno da propriedade da Disney, que tem mais de 11 mil hectares, especialmente nas áreas onde a população de insetos é grande. Essa prática exclui corpos d’água ao redor do resort ou no interior dos parques que integram o complexo, além do cuidado nas áreas onde há animais.

Além disso, galinhas perambulam no território da Disney auxiliando o monitoramento de possíveis surtos de doenças como zika, dengue, malária e febre amarela. A explicação é a seguinte: mesmo quando contaminadas por mosquitos com vírus dessas doenças, as galinhas não adoecem, permitindo que os cientistas acompanhem e previnam contágios em massa.

Por fim, toda essa tecnologia é gerenciada por um qualificado time de pesquisadores e especialistas que trabalha no controle e manejo de pragas do parque.

Para saber mais sobre esse interessante case de sucesso, visite:  No Magic Kingdom, a magia de sumir com os mosquitos

Expertise no Controle de Pragas

O case da Disney comprova que a receita ideal para o manejo ecológico de pragas (MEP) envolve planejamento, pesquisa, ciência, tecnologia e o engajamento de equipes qualificadas.

Isso vale tanto para o maior complexo de entretenimento do mundo quanto para as empresas dos mais variados segmentos, especialmente as fabricantes de bebidas, alimentos e medicamentos.

A BIOMAX é uma empresa brasileira que possui essa expertise multifatorial e que há mais de 20 anos atende organizações com demandas específicas relacionadas ao controle integrado de vetores e pragas urbanas.

Atuando no meio corporativo, a empresa se consolidou com uma referência na oferta de serviços de qualidade relacionados à gestão de pragas urbanas como, por exemplo, Desinsetização, Desratização, Descupinização, Controle de Pombos, Escorpiões e Morcegos, Fumigação e Controle Integrado de Pragas.

Além destas tecnologias, a BIOMAX executa e monitora em ambientes industriais o citado manejo ecológico de pragas (MEP), que hoje é considerada a estratégia mais abrangente e eficiente no que diz respeito ao controle de animais indesejados.

Indústria Protegida Contra Pragas

Desde 1999, a BIOMAX desenvolve ações preventivas e serviços que garantem a segurança total de processos produtivos em relação às mais variadas pragas urbanas.

Particularmente, implanta soluções e programas de gestão de animais invasores em companhias dos setores alimentício, de bebidas, de embalagens, farmacêutico e hospitalar, que são aquelas que – por questões estratégicas e sanitárias! – requerem ambientes totalmente livres de pragas como ratos, baratas, formigas, morcegos, cupins, aranhas e outras.

Com a parceria da BIOMAX, essas empresas parceiras mantêm o êxito de seus procedimentos fabris, a assepsia total de suas unidades e a segurança da marca no pós-venda.

Estratégia Integrada, Lógica e Ecológica

O manejo ecológico de pragas (MEP) consiste numa série de procedimentos sequenciais e organizados que têm por objetivo identificar e atacar as principais áreas de infestação de animais invasores – como insetos, mamíferos, roedores, aves, cupins, aracnídeos e outros – nos espaços industriais.

O MEP é uma estratégia de ações articuladas e sistematizadas que engloba a eliminação do chamado “4A” (alimento, abrigo, água e acesso), ou as condições favoráveis e inerentes à existência e reprodução de pragas urbanas.

O combate aos “4A” é feito com a utilização de métodos mecânicos, físicos, biológicos e, em última instância, químicos. Esta sequência obedece uma lógica sustentável que privilegia a adoção de recursos menos agressivos como armadilhas, controles de temperatura, ultrassons e a aplicação de bactérias, fungos e vírus entomopatogênicos (que causam doenças nos insetos). Somente quando estes métodos não se mostram suficientes é que ocorrem as intervenções químicas – iscas à base de inseticidas e aplicação direta de inseticidas.

Além do combate eficiente das diferentes formas de pragas, as empresas parceiras da BIOMAX que contratam os serviços de manejo ecológico de pragas (MEP) contam com a segurança jurídica do processo, na medida em que a implantação do MEP nos ambientes produtivos é rigorosamente norteada por leis e normas ambientais e sanitárias vigentes no país.

Saiba Mais!

O manejo ecológico de pragas (MEP) é uma estratégia que equaliza eficiência operacional, respeito ao meio ambiente, segurança do processo industrial, dos colaboradores da sua empresa e da saúde pública.

Consulte a BIOMAX!

Mais informações sobre o Manejo Ecológico de Pragas e outras soluções da BIOMAX pelos nossos canais de atendimento:

Telefone e WhatsApp: (19) 3124-3600

E-mail: biomax@biomax-mep.com.br

Sumário
O Manejo Ecológico de Pragas e o Emblemático Case da Disney
Nome do Artigo
O Manejo Ecológico de Pragas e o Emblemático Case da Disney
Descrição
Na Disney World, gigantesco complexo de lazer existe um eficiente e muito bem planejado sistema de Controle de Pragas: o “Mosquito Surveillance Program”, que garante o conforto e a tranquilidade dos visitantes e o fantástico fluxo de dinheiro que circula no parque do Mickey e Cia.
Autor
BIOMAX Controle de Pragas

A BIOMAX é especializada no controle de pragas em indústrias de alimentos, medicamentos e embalagens, em redes hoteleiras e hospitalares e nas demais empresas que procuram um programa sustentável com as exigências da Anvisa, da Norma ISO 22000, BPF, HACCP e Ministério da Agricultura. Utiliza o sistema de controle denominado Manejo Ecológico de Pragas (MEP) o qual une eficácia no controle das pragas e segurança para as pessoas e o meio ambiente. Atendemos toda a região Sudeste.