A maior parte das cobras põe ovos e a maior parte destas os abandona pouco depois da ovoposição. No entanto, algumas espécies são ovovivíparas e retêm os ovos dentro dos seus corpos até se encontrarem prestes a eclodir.

Recentemente, foi confirmado que várias espécies de cobras desenvolvem os seus descendentes completamente dentro de si, nutrindo-os através de uma placenta e um saco amniótico. A retenção de ovos e os partos ao vivo são normalmente, mas não exclusivamente, associados a climas frios, sendo que a retenção dos descendentes dentro da fêmea permite-lhe controlar as suas temperaturas com maior eficácia do que se estes se encontrassem no exterior.

Serpentes

O correto é falar serpente e não cobra.

O Brasil tem o menor índice de acidentes com esses animais do mundo. Aqui apenas cinco espécies são peçonhentas, ou seja, possuem a capacidade de injetar veneno na presa. Dentre elas temos a cascavel (Crotalus durissus), a coral verdadeira (Micrurus sp) e a jararaca (Bothrops jararaca). As serpentes, peçonhentas ou não, são répteis, atacam para se alimentar e pessoas não fazem parte do cardápio habitual. Se um indivíduo de qualquer dessas espécies atacar um ser humano para se defender terá que esperar, em média, 15 dias para produzir novo veneno e isso significa um longo período de fome.

Além de participarem de uma cadeia alimentar que mantém o equilíbrio natural, as serpentes também servem diretamente aos seres humanos: o captopril, um anti-hipertensivo, é sintetizado a partir do veneno da jararaca. Atualmente, há diversos estudos sendo conduzidos com o veneno das cascavéis, que fornece uma cola biológica e outras substâncias de uso médico como analgésicos, anti coagulantes e, até mesmo, agentes eficazes no combate ao câncer.

Para evitar acidentes tome cuidado ao andar em descampados e áreas com vegetação e procure estar atento ao lidar com folhas úmidas ou raízes e deslocar pedras e tijolos, por exemplo. As serpentes vivem em tocas e buracos e gostam de tomar o sol da manhã em locais frios. Se encontrar uma em seu caminho, mantenha a calma e desvie, ela vai estar tão assustada quanto você. Se uma entrou em sua casa, chame o serviço de zoonoses da região ou o corpo de bombeiros (193), o Instituto Butantan não pode mais ser acionado para fazer o trabalho de remoção de serpentes. Se estiver em uma região endêmica, o recomendável é instalar telas de proteção em portas e janelas.

Atenção: matar animais silvestres é crime federal, segundo o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais).


Fontes:

https://pt.wikipedia.org/

http://estilo.uol.com.br/casa-e-decoracao/

Sumário
Cobras e/ou Serpentes :: BIOMAX Controle de Pragas
Nome do Artigo
Cobras e/ou Serpentes :: BIOMAX Controle de Pragas
Descrição
As Cobras e Serpentes no Brasil temos a cascavel (Crotalus durissus), a coral verdadeira (Micrurus sp) e a jararaca (Bothrops jararaca). As serpentes, peçonhentas ou não, são répteis, atacam para se alimentar e pessoas não fazem parte do cardápio.
Autor
BIOMAX Controle de Pragas

A BIOMAX é especializada no controle de pragas em indústrias de alimentos, medicamentos e embalagens, em redes hoteleiras e hospitalares e nas demais empresas que procuram um programa sustentável com as exigências da Anvisa, da Norma ISO 22000, BPF, HACCP e Ministério da Agricultura. Utiliza o sistema de controle denominado Manejo Ecológico de Pragas (MEP) o qual une eficácia no controle das pragas e segurança para as pessoas e o meio ambiente. Atendemos toda a região Sudeste.