Controle de Pragas Urbanas aliado ao Manejo Ecológico é capaz de eliminar e prevenir a presença indesejada de pragas nas Indústrias e Empresas

Segundo informações publicadas na Rede de Especialistas em Conservação da Natureza, a agricultura brasileira é a mais tóxica do mundo. Há mais de sete anos, o Brasil garante o primeiro lugar no uso de agrotóxicos, com crescimento aproximado de 190% (ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Além disso, estudos da EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) demonstram que seria possível reduzir em até 50% o uso de pesticidas com a adoção do Manejo Ecológico de Pragas.

“Esses produtos são perigosos, entram nas cadeias alimentares e isso afeta a saúde da população brasileira em geral”, explica o professor Carlos Hugo Rocha, da UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa), e membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza.

Esses dados também são aplicados a outros setores, como indústrias e empresas, salvo as devidas proporções. A Dedetização feita com mais frequência em áreas urbanas, como em hospitais, hotéis, condomínios e indústrias, o alvo são os roedores, formigas, baratas, cupins e pombos.

Pensando nisso, empresas vão em busca de alternativas aos métodos tradicionais de dedetização para obter resultados sustentáveis no Controle de Pragas, mantendo a saúde dos ecossistemas em geral, incluindo o solo, a vida silvestre, os mananciais de água, além de proteger próprio processo produtivo. A BIOMAXControle de Pragas presta este serviço – Manejo Ecológico de Pragas, que atua com a máxima: eficácia, sustentabilidade e praticidade.

Um exemplo, a Desratização, assim como o controle de outras espécies, é feita por meio da eliminação de elementos favoráveis ao crescimento das pragas: acesso, água, alimento e abrigo – os famosos 4 A’s. São usadas, também, ratoeiras, gaiolas e outras armadilhas com cola. Os rodenticidas (agudos ou crônicos), quando utilizados, são aplicados de forma consciente, sem afetar o meio ambiente e comprometer à saúde dos seres humanos.

É importante lembrar que o controle de pragas é exigido por lei, pela Anvisa, à instituições de diversos setores. O alimentício e o hospitalar são bons exemplos.

 

Fontes: Agência Brasil e Rede de Especialistas em Conservação da Natureza

 

Consulte-nos!

Sumário
Controle de Pragas Urbanas é Contraponto à Dedetização
Nome do Artigo
Controle de Pragas Urbanas é Contraponto à Dedetização
Descrição
Controle de Pragas Urbanas aliado ao Manejo Ecológico é capaz de eliminar e prevenir a presença indesejada de pragas nas Indústrias e Empresas
Autor
BIOMAX Controle de Pragas

A BIOMAX é especializada no controle de pragas em indústrias de alimentos, medicamentos e embalagens, em redes hoteleiras e hospitalares e nas demais empresas que procuram um programa sustentável com as exigências da Anvisa, da Norma ISO 22000, BPF, HACCP e Ministério da Agricultura. Utiliza o sistema de controle denominado Manejo Ecológico de Pragas (MEP) o qual une eficácia no controle das pragas e segurança para as pessoas e o meio ambiente. Atendemos toda a região Sudeste.